avancos-no-tratamento-da-catarata

Cientistas desenvolvem Colírio que pode curar a Catarata

Um dos grandes problemas que preocupa os profissionais responsáveis pela saúde ocular é a catarata. Isso porque segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a catarata é a causa de 51% dos casos de cegueira no mundo, ou seja, cerca de 20 milhões de pessoas.

A expectativa de vida mundial, principalmente em países desenvolvidos tem aumentado cada vez mais. Com isso, cresce também o número de casos de catarata. Mas engana-se quem pensa que esta é uma doença que atinge apenas pessoas de idade.

No texto de hoje vamos falar dos vários tipos de catarata, assim como suas causas, sintomas e o tratamento, que recebeu uma ótima notícia nos últimos dias. Venha conferir!

O que é?

A catarata é caracterizada como uma lesão ocular que deixa o cristalino, lente natural do olho, opaco. A doença compromete a visão, tornando-a nublada, dificultando principalmente quando você vai ler, dirigir e quando o estágio da catarata está mais avançado, ela pode interferir até mesmo na sua forma de interpretar a expressão das pessoas.

A Catarata faz com que você não enxergue com nitidez. Ela não deixa que os raios luminosos atinjam a retina por completo, local em que se situam os receptores fotossensíveis.

Apesar da doença ser muito frequente em pessoas de idade, há outras causas da Catarata. Confira:

Catarata Senil

Esse é o tipo mais comum doença, causado pelo envelhecimento.

Catarata secundária

Nesses casos, a catarata se manifesta devido ao uso de medicamentos ou por doenças, principalmente a diabetes e o glaucoma.

Catarata Congênita

Este tipo está presente em pessoas que já nascem ou que desenvolvem a doença logo no seu primeiro ano de vida. Apesar de ser um pouco mais rara, ela acontece principalmente quando a mulher em sua gestação abusa de substâncias químicas e do álcool.

Catarata traumática

Esse tipo acontece quando há alguma lesão no olho. Entretanto, a doença pode demorar para se manifestar.

catarata-visao-opaca

Avanços no tratamento da Catarata

Até então, a única forma de tratamento da catarata é o procedimento cirúrgico. Entretanto, recentemente os estudos avançaram, pela busca de cientistas por um tratamento sem precisar fazer cirurgia.

Um grupo da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, testou várias mutações das proteínas do cristalino e perceberam que pacientes ainda jovens com catarata, não produziam o lanosterol, um hormônio esteroide.

Com isso, eles criaram um colírio, que pode ser capaz de curar a catarata sem a necessidade de um procedimento cirúrgico. Os testes já foram realizados, primeiro em coelhos e depois em cachorros, todos com resultados significantes. Agora, os cientistas estão trabalhando ainda mais, para que o colírio seja testado em humanos para provar a sua verdadeira eficácia.

O uso indevido de colírios pode piorar ainda mais a sua visão. Por isso, use apenas medicamentos com a recomendação médica. Caso você tenha alguma dificuldade de enxergar, não hesite em consultar um oftalmologista. O que você achou desses avanços no tratamento da catarata? Conte aqui nos comentários.