Como funciona a técnica da Auriculoterapia?

No universo dos tratamentos alternativos, existem pontos no corpo humano que, se estimulados, refletem em outros membros e auxiliam no tratamento de patologias. Uma das partes que mais possuem essa influência é a orelha, isso porque, segundo estudiosos, acredita-se que esse membro, por ter o formato de um feto, tem determinados pontos que correspondem a sentidos, órgãos e até mesmo emoções. E a medicina alternativa que amplia a importância das orelhas e trata patologias através dela é a auriculoterapia.

Reconhecida pela Organização Mundial da Saúde – OMS –, é uma terapia natural que atua em pontos meridionais localizados na orelha, ativando-os através de objetos como agulhas pequenas, por exemplo, sendo bastante parecida com a famosa acupuntura.

Acredita-se que cada ponto estimulado por alguma dessas formas se refere a algum órgão do corpo humano, sendo possível tratar alguma patologia advinda do mesmo, que podem ser dores, tratar outros problemas físicos e psicológicos, como ansiedade, obesidade, enxaqueca, entre outras.

Como funciona o tratamento?

Antes de dar início a terapia, é preciso agendar uma consulta com um terapeuta especializado na prática, a fim de identificar os principais sintomas e descobrir quais órgãos estão sendo afetados, para que ele se certifique sobre quais pontos devem ser estimulados.

Após decidir esse detalhe muito importante, ele começa a pressionar os pontos que refletirão diretamente no órgão, sentido ou emoção do paciente, através de agulhas pequenas e outros objetos.

São eles: agulhas filiformes – que são aplicadas sobre os pontos durante 10 a 30 minutos; agulhas intradérmicas – são inseridas debaixo da pele por cerca de sete dias; esferas magnéticas – são coladas na pele por aproximadamente cinco dias; e sementes de mostarda – que podem ser aquecidas ou não, e coladas na pele durante cinco dias.

Em relação a quantidade de sessões, isso será determinado pelo especialista, porém, podem variar dependendo da patologia. Para os casos de obesidade, por exemplo, podem ser semanais ou de quinze em quinze dias, dependendo do avanço do emagrecimento. Vale ressaltar que esse é um tratamento contínuo e que a pressa não é o foco.

Benefícios

O controle do estresse e da ansiedade é um dos principais benefícios da prática. Com isso, ele consegue curar doenças e eliminar hábitos ligados a esses sentimentos, como tabagismo, depressão, insônia, desânimo, baixa energia, enxaqueca e dores no corpo decorrentes da mente, e ajuda até mesmo no emagrecimento.

Além disso, muitas pessoas a procuram para o tratamento de dores crônicas e qualquer tipo de dor, como enxaqueca, na lombar, na coluna, musculares, etc. Trata também problemas vasculares como esclerose múltipla e hipertensão arterial, além de também tratar doenças de pele como as dermatites.

Quanto à indicação, especialistas apontam que qualquer pessoa pode fazer uma auriculoterapia, já que a técnica trata de problemas comum a pessoas de diversas idades. Os bebês também podem fazer, servindo para amenizar cólicas, refluxos e a parte gástrica que ainda está se desenvolvendo. Somente as gestantes devem ter cuidado com a prática para não prejudicar a gestação. Por isso, é preciso adicionar pontos que reflitam em locais indiretos, como na ansiedade, por exemplo, e não para o abdômen.

Gostou desse conteúdo? Acesse mais artigos como esse em nosso blog: www.blog.livrariaflorence.com.br.