Estudo afirma que bebês já percebem intenções de pessoas por trás da fala

Uma pesquisa pelas universidades de Nova York, nos EUA, e McGill, em Montreal, no Canadá apontou que crianças de um ano adquirem a capacidade de perceber, além das falas, as intenções das pessoas. O trabalho foi publicado na revista científica americana “Proceedings of the National Academy of Sciences” (PNAS).

A pesquisa mostrou que o conhecimento vai muito além da experiência individual, já que as informações nos chegam pela observação indireta. Estudos anteriores já provavam a capacidade dos bebês de compreender que o discurso poderia ser usado como comunicação e categorização de pessoas e objetos. Entretanto, esse é o primeiro a fazer experimentações teatrais com as crianças.

Para umas das pesquisadoras, Athena Vouloumanos, as crianças ganham discernimento e desenvolvem habilidades sociais de acordo com as experiências de linguagem e descrição oral, mesmo antes de presenciarem diretamente e fisicamente situações.

Segundo a coautora, Kristine Onishi, assim como adultos, os pequenos não precisam falar o idioma para entender que os falantes trocam informações entre si durante uma conversa. Adultos não falantes de um idioma e bebês podem não compreender significados de palavras, mas captam por intuição a mensagem principal.

 (Com informações de G1)