Bebidas Alcoólicas: Os efeitos do álcool no organismo

A dependência química é uma das grandes preocupações da saúde pública, principalmente quando falamos de drogas ilícitas como maconha, crack, cocaína, entre outras. Porém, um fator que está preocupando cada vez mais as autoridades é um componente aceitável na sociedade, que é consumido em grande escala, inclusive entre os jovens: o álcool.

Nos dias de hoje, o consumo de bebida alcoólica é uma forma comum de socialização, seja na faculdade, no happy hour depois do trabalho ou em um churrasco com os amigos no final de semana. No texto de hoje vamos falar sobre efeitos do álcool em cada órgão do nosso corpo. Confira:

No cérebro

Ao chegar no cérebro o etanol estimula a liberação extra de serotonina, neurotransmissor que regula o prazer, humor e a ansiedade. Por isso, um dos primeiros efeitos do álcool é deixar a pessoa mais alegre e desinibida. Porém, com o aumento do consumo a bebida alcoólica afeta outros dois neurotransmissores: os responsáveis por regular o GABA, fazendo com que os neurônios trabalhem menos. Assim, a pessoa começa a perder o controle da sua coordenação motora e muitas vezes até o seu autocontrole.

Nos rins

O consumo de bebida alcoólica aumenta a vontade da pessoa urinar. Isso acontece porque o etanol inibe a produção do hormônio que controla a absorção de água pelos rins. Assim, o organismo sente necessidade de eliminar urina com maior frequência.

bebidas_alcoolicas_consumo

No estômago

O álcool da bebida dificulta consideravelmente o trabalho de digestão, pois ele irrita a mucosa do estômago e aumenta a sua produção de ácido gástrico, dando aquela sensação de enjoo e mal-estar, causando muita ânsia de vômito.

Muitas pessoas vomitam porque esse é um mecanismo de autodefesa enviado pelo cérebro para conter a agressão do estômago.

No coração

Como já falamos acima, o álcool interfere no funcionamento dos rins e faz com que a pessoa que bebeu faça xixi mais vezes. Um dos efeitos colaterais dessa alteração atinge o funcionamento do coração. Isso porque ao eliminar uma grande quantidade de xixi a pessoa também estará eliminando minerais importantes para regular os seus batimentos cardíacos, como o potássio e o magnésio. Por isso, quando um indivíduo ingere muita bebida alcoólica, o ritmo do seu coração pode sofre alterações.

efeitos_alcool_coraçao

Como podemos ver o álcool causa muitos efeitos em várias partes do corpo. Por isso, é preciso evitar o consumo exagerado de bebidas alcoólicas.

Leia também a nossa matéria O principal fator de risco para um jovem experimentar o álcool.

Quer saber mais a respeito, temos uma seleção de livros para você aprofundar seus conhecimentos: