Por que gordura trans faz mal?

Estamos sempre falando aqui no blog sobre questões de saúde pública que estão presentes no nosso dia a dia. Escrevemos recentemente sobre a obesidade, considerado por muitos profissionais da área como a doença do século XXI.

Vamos falar sobre um assunto que está intimamente ligado a obesidade, o consumo de gordura trans e os seus malefícios para a nossa saúde. No texto de hoje vamos tirar todas as dúvidas quanto ao tema, explicando o que é, onde pode ser encontrada e porque a gordura trans deve ser eliminada das suas refeições. Venha conferir!

Gordura Trans: O que é?

A gordura trans é produzida a partir de óleos vegetais que passa por um processo de hidrogenação, em que as moléculas de hidrogênio são adicionadas. Essa técnica foi criada pela indústria para substituir a gordura animal e assim aumentar a durabilidade dos alimentos e poder conservá-los por mais tempo e com uma boa aparência. No mercado, este tipo de gordura está presente em vários tipos de alimentos, como chocolate, bolacha e outros produtos industrializados.

 

Os Malefícios da Gordura Trans

Nosso corpo precisa sim consumir uma pequena quantidade de gordura de origem vegetal ou animal. Sendo as mais benéficas para o nosso corpo o ômega 3 e ômega 6. Já a gordura trans, ela não é bem digerida pelo nosso organismo, fazendo com que grande parte dela fique depositada no corpo.

 

Colesterol

Ingerir alimentos com gorduras trans não só aumenta o colesterol ruim (LDL), como também diminui o colesterol bom (HDL) em nosso sangue. Assim fica muito mais difícil controlar o seu colesterol, o que pode desencadear vários problemas cardiovasculares.

gordura-trans-aumenta-o-colesterol

Além disso, ela também bloqueia a produção de gordura saudável, insaturada, no nosso corpo. Lembrando que esse é o tipo de gordura que faz bem para a saúde, principalmente do coração e do sistema nervoso.

 

Ganho de peso

 

Como esses alimentos não são devidamente ingeridos pelo nosso organismo, o acúmulo de gordura é otimizado, fazendo que você ganhe peso e principalmente, a tão temida gordurinha localizada.

 

Com isso, há também outros problemas além de estéticos. Consumir gordura trans em excesso eleva os riscos de desenvolvimento de câncer e diabetes.

Sem exageros

Segundo a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) devemos ingerir gordura trans até 1% do valor calórico da nossa dieta diária. Procure sempre ler o rótulo dos alimentos antes de consumi-los e prefira sempre comidas mais caseiras.

 

Evite produtos muito industrializados, principalmente os lanches de fast food. No caso das frituras, prefira óleos de canola, milho ou até mesmo o de soja.

gordura-trans-fast-food

Agora queremos saber. Você tem o costume de ler os rótulos dos produtos e ver a sua quantidade de gordura trans? Conte aqui nos comentários!